Novilhas Européias

O Hereford foi introduzido no Brasil pelos vizinhos Uruguai e Argentina. Em 1907, o criador Laurindo Brasil, de Bagé, inaugurou o Herd Book da raça no país através do registro do touro “Alfo”, importado da Argentina. Porém, antes das datas oficiais de registros, muitos “pampas” atravessaram as fronteiras sem cercas entre países povoando os campos gaúchos. Desde então, a raça cresceu significativamente no Brasil, principalmente nos estados do Sul, onde o clima é mais semelhante ao seu país de origem. Com sua característica ancestral de grande capacidade de adaptação, tornou-se ferramenta indispensável nos programas de cruzamento industrial.

A grande pressão de seleção ocorrida ao longo de mais de um século no Brasil conferiu à raça um excelente desempenho, sendo sinônimo de produção de carne de alta qualidade e maciez, tanto a pasto quanto em regime de confinamento. Possuem temperamento dócil, o que facilita o manejo humano. As fêmeas apresentam grande fertilidade e habilidade materna, entram em reprodução aos 14 meses pesando em média 280kg. Têm aptidão para alta longevidade produtiva dentro dos rebanhos.

Os novilhos apresentam rápida terminação, chegam aos 18 meses pesando em média 420 kg, prontos para o abate. As carcaças possuem bom rendimento, acabamento e deposição de gordura. A carne é saborosa, tenra, sem exagero de gordura. Os reprodutores Hereford são vigorosos, com alta libido e grande fertilidade, permanecendo produtivos no rebanho por vários anos.

%d blogueiros gostam disto: